Museu das Flores

Junho 2024

DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Convento de São Boaventura

O Convento de São Boaventura, situa-se no Largo da Misericórdia, no Centro da Vila de Santa Cruz. A sua origem remonta a 14 de julho de 1640 (Dia de São Boaventura), resultado de um voto feito pelo padre Inácio Coelho, nascido na ilha das Flores e irmão do franciscano Frei Diogo das Chagas, onde se propunha a criar as condições para fundação de um convento, assim que Portugal recuperasse a sua independência do domínio espanhol.

Assim, a 26 de junho de 1641, restaurada a independência, é lavrada a escritura de doação dos terrenos para edificação do Convento, por parte de Inácio Coelho, que determina por sua morte, uma renda avultada para sustento dos frades. Os franciscanos, que terão chegado à ilha nas primeiras levas de colonos, aí permaneceram até ao advento do liberalismo que em 1832 pôs fim às ordens religiosas.

Seis anos depois, José Inácio Pimentel arrematou o Convento e em 1855 vendeu-o a Francisco da Cruz Silva e Reis. Em 1873, António Vicente Peixoto Pimentel compra o edifício e entrega-o à Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz das Flores, com o propósito de nele ser instalado um hospital que servisse os povos das Flores e do Corvo, tendo o edifício mantido essas funções até 1969, ano em que é inaugurado o novo hospital, cuja construção sacrificou a ala sul do Convento, adaptada e ampliada para esse fim.

O que restava do Convento de São Boaventura passou a albergar o Externato de Nossa Senhora da Conceição que ali funcionou até à década de 80. Em 1993, depois de profundas obras de restauro, reabriu ao serviço do Museu das Flores.

O edifício tem uma fachada apalaçada, em que predomina a horizontalidade. Caracteriza-se por uma acentuada angulosidade e intensa planimetria dos seus elementos compositivos. Peça arquitetónica interessante é o claustro quadrangular de três tramos e outras tantas janelas de varanda que lhe são sobrepostas. É muito provável que a adaptação do edifício para novas funções tenha levado à implantação das varandas em ferro fundido, decoradas com estilizações vegetalistas e motivos geométricos.

A igreja é um edifício relativamente amplo e alto, de planta retangular, sem transepto e nave única, cilíndrica, de madeira pintada. Os retábulos são em madeira de cedro dourada e no teto predomina uma decoração vegetalista e floral.

Horário de Funcionamento

Horário de abertura ao público

Verão (1 de abril a 30 de setembro)

* Terça-feira a Sábado e feriados 10h00 - 17h30
* Última entrada às 17h30
* Encerramento do edifício às 18h00
* Encerrado ao domingo e segunda-feira

Inverno (1 de outubro a 31 de março)

* Terça-feira a Sábado  e feriados 09h30 - 17h00
* Última entrada às 17h00
* Encerramento do edifício às 17h30
* Encerrado à segunda-feira

Morada e Contactos

Museu das Flores  Edifício do Convento de São Boaventura
Largo da Misericórdia
9970-303 Santa Cruz das Flores
Flores - Açores 

Voltar atrás

Optimizado para as últimas versões dos browsers:
Microsoft Edge, Google Chrome, Safari, Opera e Firefox

Desenvolvido pela Salworks